3 . INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

Infarto Agudo do Miocárdio

Condição em que ocorre necrose (morte) de parte do miocárdio como resultado da falta de oxigênio. Isso acontece por estreitamento ou oclusão da artéria coronária que supre de sangue a região. O infarto agudo do miocárdio (IAM) é a causa mais freqüente de morte súbita (50% das mortes ocorrem nas primeiras horas); muitas dessas vítimas poderiam ser salvas com medidas prontas e relativamente fáceis (manobras de RCP). Daí a importância de identificar precocemente o infarto agudo do miocárdio.

A causa principal do IAM é a aterosclerose das coronárias, que pode ser desencadeada por esforço físico, situação de estresse, fadiga, mas também no repouso. A principal complicação do IAM é a alteração do ritmo cardíaco. Drogas, como a cocaína, podem provocar IAM por espasmo do vaso.

3.1. Sinais e Sintomas

 ● Dor torácica de forte intensidade, prolongada (30 minutos a várias horas), que localiza atrás do esterno e irradia-se para o membro superior, ombro, pescoço, mandíbula, etc. Geralmente o repouso não alivia a dor;

● Falta de ar;

● Náusea, vômitos, sudorese fria;

● Vítima ansiosa, inquieta, com sensação de morte iminente;

● Alteração do ritmo cardíaco – bradicardia, taquicardia, assistolia, fibrilação ventricular;

● Na evolução, a vítima perde a consciência e desenvolve choque cardiogênico.

 3.2. Atendimento de Emergência no Pré-hospitalar

● Assegurar vias aéreas;

● Tranqüilizar a vítima – abordagem calma e segura (objetiva diminuir o trabalho do coração);

● Mantê-la confortável, em repouso absoluto. Não permitir seu deslocamento;

● Administrar oxigênio;

● Examinar sinais vitais com freqüência;

● Monitorização cardíaca;

● Saturação de oxigênio (oxímetro de pulso);

● Conservar o calor corporal;

● Se o médico não estiver presente, reporte ao médico coordenador a história com os dados vitais da vítima e aguarde instruções;

● Transporte imediatamente, de forma cuidadosa, calma, sem sirene, com o objetivo de não aumentar sua ansiedade, para hospital equipado com serviço coronariano previamente avisado da chegada da vítima;

● Em vítima inconsciente por parada cardiopulmonar, iniciar manobras de RCP e comunicar imediatamente o médico coordenador. Se desenvolver choque (hipotensão), aplicar os cuidados de emergência para choque cardiogênico (ver capítulo específico).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: